30 de abr de 2013

Cortinas - Qual acabamento escolher?

Eita que esse assunto dá...



Gente do céu!!!

Foi por isso que pensei em fazer ao invés de um post só e resumido uma sequência cheiinha de dicas para ajudar quem ainda vai pensar nessa belezuras!!!

E pra continuar na nossa prosa vamos a um outro ponto também cheio de escolhas...


3º - QUAL ACABAMENTO ESCOLHER?

Pra variar, os acabamentos também são os mais diversos...

E para quem vai procurar as primeiras informações, fica até confusa com tantos nomes estranhos.

Mas vamos aos acabamentos mais conhecidos:

ARGOLAS:

São as mais versáteis e sempre atuais.

As argolas são presas ao varão e suspendem o tecido.

Podem ser de diversos materiais e vai depender do estilo adotado ao ambiente: Metal, Madeira, Plástico, ...
ILHOSES:

Só funcionam em tecidos leves.

E são indicados para cortinas pouco usadas, cuja à finalidade seja mais decorativa pois tendem a emperrar no varão.

Não é recomendado lavar esse tipo de acabamento na máquina, já que os ilhoses podem vir a soltar.


PAINEL:

Pode se usar nesse tipo de acabamento desde tecidos mais encorpados aos mais leves.

Fica muito bem em decorações cujo o estilo moderno é predominante.



PASSANTES DE TECIDO:

Assim como acontece com os ilhoses, tendem a não deslizar muito bem no varão.

São usados mais para efeitos decorativos como em xales, sobre persianas ou rolos.
PREGA AMERICANA:

São as mais clássicas.

Consiste em uma dobra tripla no arremate superior da cortina.

E produz um franzido virado para o alto feito por apenas três dobrinhas.




PREGA FÊMEA:

É um acabamento que dá a cortina um efeito mais reto. 

Já que o volume do tecido vai para atrás da cortina.

E para dar esse efeito, duas dobras se encontram em sentidos opostos na parte de trás do cós da cortina.



PREGA MACHO:

Já nesse caso, o volume do tecido concentra-se na frente.

O que proporciona um caimento mais elegante.

São compostas de duas dobras posicionadas em sentidos opostos, só que nesse caso na parte da frente da cortina e que se aproximam no avesso do tecido.



PREGA PAULISTA OU WAVE:

São dobras intercaladas nos dois sentidos. 

E produzem um efeito de ondulação no cós da cortina.



TECIDO INTEIRIÇO:

É um acabamento considerado muito simples.

Porém é atual e elegante.

Seu deslizamento é difícil no varão e a sua função assim como os ilhoses e os passantes fica a cargo mais decorativo.
Meninas, obrigada pelos comentários fofíssimos.

E aos pouquinhos respondo cada um deles!!!

Espero que essa sequência de posts estejam esclarecendo quaisquer dúvidas que abordem esses mundão das cortinas...

Bjocas a todas...

6 comentários:

  1. Oi Cemárly,
    Nunca tinha prestado atenção nas pregas, achava que eram todas iguais. Gostei muito do post.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. ameiii as dicas super explicadinho se eu tivesse tido uma ajudinha qdo escolhi as minhas teria sido bem mais facil bjoss flor

    ResponderExcluir
  3. Oi Nina!!!
    Obrigada pela visitinha e já fui lá no seu cantinho dar umas espiadas viu?
    Adorei as dicas...
    Eu também não entendia nadica de nada até a hora de começar a futricar!
    Mas é aí que está a magia que envolve reforma, decoração, organização, ...
    Agente sempre aprende um pouco mais!
    Bjocas!!!

    ResponderExcluir
  4. Adri, foi por isso mesmo que resolvi fazer uma sequência, pelo menos eu acho que bem explicadinha, para ajudar quem não entende nada desse universo tão complexo das cortinas!!!
    Ah! Deixa eu aproveitar e te dar os parabéns pelo aniversário de casamento.
    Amiga que presente é aquele?
    Linda D+ as suas orquídeas...
    Bjocas e felicidades...

    ResponderExcluir
  5. Oi Cê querida!
    Quanta informação, post super completinho!!!
    Acho lindo e bem moderno os passantes de tecido!!
    Beijos!

    "Construindo Minha Casa Clean"

    ResponderExcluir
  6. Sempre presente né Grazi...
    Bjos linda!!!

    ResponderExcluir

Oi!!!
Muito obrigada pela visitinha e assim que possível irei retribuir...
Divirtam-se!!!
Bjocas!!!